Sign In
/pt-pt/PublishingImages/National%20Students%20Day.jpeg

​This Tuesday, March 24, we celebrate the students in the Portuguese society. This will be a National Students' Day unlike any other. Today is also Nuno Baptista’s day, another story of success, with POCH's support.

24-03-2020

​A Assembleia da República Portuguesa estabeleceu, a 8 de maio de 1987, o dia 24 de março como Dia Nacional do Estudante. Este decreto teve como objetivos o estímulo à participação dos estudantes na vida escolar e social, a cooperação e convivência entre os estudantes e a democratização e o desenvolvimento do ensino.  Estes ambiciosos objetivos, sobretudo o último, tem vindo a ser alvo de trabalho contínuo por parte do estado português e beneficiando também desde 2014 dos apoios do Fundo Social Europeu, através do POCH - Programa Operacional Capital Humano. Os fundos europeus para a educação e formação de jovens e adultos residentes em Portugal são isso mesmo, uma ferramenta para a democratização e desenvolvimento do ensino no nosso país.

O impacto social e político das ações e lutas dos estudantes no globo é vasto. Hoje travamos uma luta diferente, desta vez o inimigo é invisível mas imponente. Mais uma vez os estudantes estão no campo de batalha, só que desta vez a frente é neste momento em casa de cada um. Segundo a UNESCO, metade dos estudantes do mundo, ou seja, mais de 850 milhões estão sem aulas presenciais devido à pandemia do novo coronavírus. O ensino à distância apresenta-se hoje como a solução para dar continuidade às atividades letivas, uma nova realidade para muitos dos estudantes, docentes e entidades.  Sendo os estudantes quem mais rapidamente se adapta a qualquer cenário, com sua a imensa capacidade de alargar horizontes, assumimos que esta será mais uma batalha vencida.

Como forma de celebrar esta data, o POCH lança mais um vídeo da série “Histórias de Sucesso”, a do Nuno Baptista.

O Nuno inscreveu-se no ensino profissional, para “fugir” à matemática. Quando estudava no Agrupamento de Escolas da Serra da Gardunha e Xisto recebeu informação sobre os Cursos Profissionais e, depois de consultar os cursos disponíveis na região, decidiu escolher o curso de Técnico de Gás que era lecionado na Escola Profissional do Fundão, por achar que seria um curso interessante. Logo que terminou o curso profissional em 2016, ingressou num curso TeSP de Energias Renováveis na Escola Superior de Tecnologia do Instituto Politécnico de Castelo Branco. Neste momento é trabalhador-estudante: frequenta o 2º ano da licenciatura em Engenharia de Energias Renováveis nessa mesma escola.

Veja aqui o video do Nuno Batista


  • < back to news