Sign In
/pt-pt/PublishingImages/Paginas/PremioCapitalHumano2020/1_u_ensino%20superior.jpeg

​The percentage of the resident population, aged between 30 and 34 years old, who has a higher education level surpassed 40% in the 4th quarter of 2020 and reached 39.6% in the annual average, of which 31.6% in men and 47.3% in women.

19-02-2021

Portugal atinge assim praticamente a meta europeia de 40% para 2020, traçada na Estratégia Europa 2020 e no Programa Nacional de Reformas, sendo que, se considerarmos os dados do último trimestre de 2020, este indicador tinha efetivamente ultrapassado a meta traçada, atingindo os 43%. No início de 2014, esta taxa era de 31,3%, registando assim um progresso durante o período de vigência do POCH de 8,3 pontos percentuais.


Nas regiões Norte, Centro e Alentejo, regiões elegíveis ao PO CH através do Fundo Social Europeu (FSE), os valores são ainda desiguais. No Norte do país a taxa atinge em 2020 os 39,3%, estando por isso em linha com a média do país, enquanto que no Centro é de 33,8% e no Alentejo de 34,3% mostrando, no entanto, uma tendência crescente e transversal às regiões de intervenção do POCH.

Taxa de diplomados no ensino superior em Portugal e nas regiões elegíveis ao POCH (%)

O contributo do PO CH foi significativo para o alcance deste resultado. Aumentar a proporção da população com o ensino superior ou equivalente, tem vindo a ser um dos objetivos deste Programa Operacional, em vários âmbitos: cofinanciamento das bolsas de ação social a alunos carenciados no ensino superior, instrumento financeiro que se traduz em empréstimos a alunos que frequentem o ensino superior, até ao financiamento dos Cursos TeSP - Técnicos Superiores Profissionais.  A partir de 2018 e, em consequência da 1ª reprogramação deste Programa Operacional, fruto da necessidade de canalizar dotação para os eixos de apoio à formação dos jovens e dos adultos, os apoios ao ensino superior tendo por base este Programa passaram a concretizar-se apenas por via do instrumento financeiro, que pode ser complementar às bolsas de ação social. Os restantes apoios passaram, desde esse ano, a ser canalizados através dos Programas Operacionais Regionais nas regiões de menos desenvolvimento, no caso do financiamento dos cursos TeSP e pelo POISE no caso do financiamento das Bolsas de Ação Social para estudantes do ensino superior.

Desde o início do programa até ao final de 2020, o número de pessoas apoiadas pelo PO CH/FSE na área da formação superior e avançada é superior a 128 mil estudantes, com um investimento total elegível aprovado de 669 M€, (568 FSE). 

 Aceda aqui ao detalhe dos indicadores.

 Fonte: INE

  • < back to news