Sign In
/pt-pt/PublishingImages/Paginas/PremioCapitalHumano2020/ofeertas%20profissionalizantes%20IN.jpeg

​ANQEP made available a document on professional offers for the academic year 2021-2022. Know the methodological guidelines, the ordering criteria, the procedures and the timetable.

07-04-2021

O processo de planeamento e concertação da rede de ofertas profissionalizantes para o ano letivo de 2021/2022, articulado entre a Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional, I.P. (ANQEP, I.P.), a Direção-Geral do Estabelecimentos Escolares (DGEstE), a Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência (DGEEC) e as entidades intermunicipais, é fundamental para a valorização dessas ofertas. Ao desenvolver esta rede em coerência com a capacidade instalada e a oferta de Cursos de Educação e Formação (CEF) e Cursos Profissionais (CP) existente em cada entidade intermunicipal, são evitadas redundâncias na oferta dos diversos operadores e assegurada uma gestão conjunta daqueles que são os caminhos de dupla certificação no âmbito do ensino básico e do ensino secundário.


O ajustamento da oferta de qualificações às necessidades da economia e do mercado de trabalho, é uma medida estratégica  para o desenvolvimento económico e social do país. Permite ainda aumentar a motivação dos jovens, incentivando-os a encontrar a melhor opção de entre as várias ofertas educativas e formativas, em particular no âmbito do ensino secundário, potenciando a sua qualificação.

A resposta aos vários desafios económicos e sociais, fruto das transições verde e digital, das transformações demográficas e tecnológicas, ampliadas pela pandemia, passa também pela adequada publicitação das redes de ofertas profissionalizantes no Portal da Oferta Educativa e Formativa junto dos alunos, encarregados de educação e demais comunidade. A racionalidade das redes é assegurada através da mobilização do Sistema de Antecipação de Necessidades de Qualificações (SANQ), enquanto instrumento estratégico que enquadra as necessidades de qualificações a nível regional/sub- regional, com princípios e critérios que permitem a ordenação das várias propostas apresentadas.


As propostas das escolas devem ser submetidas na plataforma SIGO até 9 de abril. Os cursos autorizados serão sinalizados na mesma plataforma até 18 de maio.

Aceda aqui ao normativo da ANQEP

Aceda aqui à plataforma SIGO


  • < back to news