Sign In
/pt-pt/PublishingImages/1_1_DGEEC_resultados%20IN.jpeg

​​The 2022 report by DGEEC - Directorate of Education and Science Statistics on School Outcomes: Success and Equity in Basic and Secondary Education was published. The report reveals a very positive trend towards educational success and an increase in equity. According to the report, the gap between the results of students in need and students from more favored contexts is narrowing.

15-06-2022

O relatório está centrado nas tendências observadas nos indicadores de conclusão no tempo esperado e de equidade. A conclusão de cada ciclo de ensino no tempo esperado, entendida como o Sucesso Educativo, apresenta uma evolução muito positiva nos últimos anos, em todos os ciclos de ensino, embora ainda esteja longe de abranger todos os alunos. 

Screenshot 2022-06-01 at 18.05.32.png

Os dados da DGEEC mostram que a conclusão do 2º. ciclo no tempo esperado subiu de 91% para 95% e no 3º. ciclo de 80% para 86%, entre 2018 e 2020. Nos cursos científico-humanísticos do secundário, o sucesso educativo evoluiu de 57% para 67% e nos cursos profissionais subiu de 63% para 65%, no mesmo intervalo de tempo, embora cerca de um terço dos alunos não tenha conseguido concluir o ensino secundário nos três anos previstos, muitas vezes em consequência de mudanças de curso.

O indicador da Equidade centra-se na capacidade de promover a conclusão no tempo esperado dos alunos em condições mais desfavorecidas. Compara os resultados escolares dos alunos abrangidos pelo programa de Ação Social Escolar (alunos ASE) de uma determinada escola, agrupamento de escolas ou território com a média nacional dos resultados de alunos com perfil semelhante e em escolas com um contexto socioeconómico idêntico, a nível nacional. A conclusão no tempo esperado dos alunos abrangidos pelo programa ASE, continua a ser mais baixa. No entanto, a diferença que separa os resultados entre alunos carenciados e os alunos de contextos mais favorecidos está a diminuir.

Screenshot 2022-06-01 at 18.15.28.png

Em 2020, 86% dos alunos concluíram o 3.º ciclo no tempo esperado. Entre os alunos abrangidos pelos apoios da Ação Social Escolar (ASE) este valor foi de 78%. Esta diferença na taxa de conclusão, de oito pontos percentuais, diminuiu dois pontos percentuais desde 2018. Nas escolas com 50% ou mais de alunos com ASE, as conclusões em tempo esperado no 3.º ciclo subiram de 73% para 80%, enquanto naquelas com menos de 25% de alunos com ASE, este valor subiu de 87% para 90%.

O sucesso educativo é superior nas raparigas, face aos rapazes, sendo essa assimetria mais relevante no ensino secundário e com tendência para diminuir, nos últimos anos. O abandono escolar afeta mais o sexo masculino (12,6% em 2020) do que o sexo feminino (5,9% em 2020) embora o as políticas de combate ao insucesso e abandono escolar, tenha contribuído para que esta diferença entre os dois grupos, ainda substancial, se tenha esbatido. Esta desigualdade tem vindo a diminuir nos últimos anos, confirmada pelo indicador de equidade, focado nos alunos ASE.

Uma análise das taxas de conclusão no tempo esperado e do indicador de equidade por região permite observar alguns padrões divergentes associados aos diferentes territórios. Em termos gerais, estas taxas de equidade apresentam valores superiores no Norte Litoral e inferiores no Sul, em particular no Alentejo, embora, como foi referido, a tendência geral é para a sua mitigação.

Aceda aqui ao relatório da DGEEC


Fonte: DGEEC

  • < back to news