Iniciar sessão
/pt-pt/PublishingImages/1_1_Estatisticas%20da%20educação.jpeg

​Foi disponibilizada pela DGEEC - Direção Geral de Estatísticas de Educação e Ciência,  a informação estatística oficial associada ao sistem de educação e formação do ano letivo 2020/2021 – alunos, pessoal docente e não docente, estabelecimentos de ensino e instituições de ensino superior. Destaque para as componentes de dupla certificação e para a qualificação dos adultos, áreas de intervenção do POCH.

 


03-08-2022

​A publicação "Estatísticas da Educação" tem como principal objetivo a disponibilização de informação estatística referente aos diferentes níveis de educação e formação, visando promover o conhecimento do sistema educativo junto das entidades da Administração Pública, instituições, empresas, investigadores e sociedade em geral.

De acordo com a publicação, no ano letivo 2020/2021, encontravam-se 1.570.791 alunos matriculados no sistema de educação e formação, dos quais 79,1% em estabelecimentos do sistema público. Em cada nível de ensino ou ciclo de estudos, a percentagem de mulheres inscritas/matriculadas é aproximadamente 50%. Os processos de qualificação dos adultos representavam apenas 4,1% do número total de alunos matriculados no sistema de educação e formação. Relativamente ao ano letivo anterior, o número global de inscrições/matrículas diminuiu 1,5%.

Do total de inscrições, 393.689 foram no ensino secundário. Neste nível de ensino, tal como no ano letivo anterior, cerca de 6 em cada 10 alunos jovens encontravam-se matriculados nos cursos científico-humanísticos (209.684 de 350.010 alunos). 

A inscrição em cursos de dupla certificação foi, assim, a escolha de 4 em cada 10 alunos do ensino secundário matriculados em cursos orientados para jovens, com 140.106 de 350.010 alunos inscritos, sendo essa proporção semelhante à regista no ano letivo anterior. Os cursos profissionais, representam mais de 80% do número total de alunos jovens matriculados em cursos de nível secundário, de dupla certificação, abrangendo 115.135 alunos, cerca de 32,9% do total de alunos nesse nível de ensino, seguindo-se os cursos de aprendizagem com 18.688 alunos, que correspondem a 5,3% do total de inscritos no ensino secundário. Em conjunto, os cursos de planos próprios, cursos artísticos especializados em regime integrado e cursos de educação e formação de jovens foram a escolha de 6.283 alunos, cerca de 4,5% do número total de alunos matriculados no ensino secundário, em cursos de dupla certificação orientados para jovens.

Screenshot 2022-07-18 at 13.51.30.png

Fonte: Estatísticas da Educação 2020/2021 - DGEEC


Os dados revelam que as áreas formativas mais procuradas pelos alunos matriculados nos cursos profissionais são, por ordem decrescente; Serviços Pessoais, Informática, Engenharias e Técnicas afins, Artes e Ciências Empresariais.

Na área da Educação de Adultos, os dados disponibilizados revelam que são 63.973 os alunos adultos matriculados em ofertas de educação e de formação de nível básico e secundário, que representam 4,8% do número total de alunos matriculados nesses níveis de ensino. Este valor é superior ao do ano passado em 0,1 ponto percentual. Entre os alunos adultos, a grande maioria (68,2%) encontrava-se matriculada no ensino secundário.

Verifica-se que a taxa de conclusão do ensino secundário mantém a tendência de crescimento, com o valor mais elevado de sempre:  87,4% dos alunos concluíram o ensino secundário com aproveitamento (cerca de 9 em cada 10 alunos).

Os valores registados pela taxa de retenção e desistência são, em geral, crescentes com o nível de ensino e ciclo de estudos e assumem, no ensino básico, particular importância no ano inicial de cada ciclo. Tal como em anos letivos anteriores, o valor mais elevado de taxa de retenção e desistência correspondeu ao final do ensino secundário (12.ºano) com 12,9%.

Na área da formação de jovens, onde se incluem os apoios aos cursos de educação e formação de jovens e aos cursos profissionais, o PO CH já investiu, através do financiamento do Fundo Social Europeu, um montante total elegível aprovado de cerca de 2 652 milhões de euros (M€) dos quais 2 254 M€ são do Fundo Social Europeu.  Este montante já apoiou, desde o início do período de programação 2014-2020 até 31 de março de 2022, 292 mil  jovens em cursos de dupla certificação. Na área da aprendizagem ao longo da vida o investimento, até à mesma data, é de 964 M€, dos quais 820 M€ provêm do FSE. Já foram apoiados 434 mil adultos.

Estes e outros números da Educação e Formação em Portugal, para o ano letivo 2020/2021 estão disponíveis 
AQUI.

Aceda 
AQUI a um resumo da publicação.

Fonte: DGEEC

  • < voltar a notícias