Iniciar sessão
/pt-pt/Noticias/PublishingImages/1_1_INSIGNARE%20certificados%20PT.jpeg

​A INSIGNARE entregou, no passado dia 29 de julho, 90 diplomas de certificação de qualificação aos alunos e alunas que concluíram os seus processos RVCC. Destaca-se a entrega de 4 diplomas a adultos utentes do CRIO - Centro de Reabilitação e Integração Ouriense, que foram qualificados nesta edição, tendo sido os primeiros cidadãos portadores de deficiência, oriundos deste centro, a consegui-lo.

09-08-2022

Os adultos que terminaram os seus percursos com sucesso, através do processo RVCC - Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências, receberam os seus diplomas numa cerimónia em que participaram familiares e amigos. Foi também o momento escolhido para fazer os devidos agradecimentos a entidades e empresas que decidiram associar-se ao Centro Qualifica da Insignare, para aumentar a escolaridade dos seus trabalhadores e utentes.

D
os 90 diplomas entregues, 4 destinaram-se a adultos portadores de deficiência, provenientes do CRIO, como resultado de um percurso promotor de inclusão, mas também de capacitação e integração. Os adultos e o próprio CRIO, revelaram-se participantes arrojados e muito envolvidos no projeto, concluindo os processos com resultados muito positivos que culminaram nas certificações agora atribuídas. 

A
necessidade de qualificação estende-se a toda a população portuguesa incluindo pessoas com deficiências ou incapacidades. O défice de qualificações é mais um fator comprometedor da sua integração na vida activa e participação no mercado de trabalho. De acordo com os dados mais recentes do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, as ofertas de emprego para pessoas com deficiência cresceram 65% entre 2020 e 2021, mais 1.469 vagas em 2021. No entanto, apesar do número de vagas ter subido, só 25% das pessoas com deficiência estão empregadas. A formação e qualificação destes cidadãos é mais uma forma de promover a sua empregabilidade.

A
Insignare é uma entidade formadora apoiada pelo PO CH, através do Fundo Social Europeu (FSE). O investimento total elegível aprovado atribuído a esta entidade, até 30 de junho de 2022, chegou aos 21,4 milhões de euros (M€), dos quais 18,1 M€ são investimento FSE. A escola foi apoiada ao nível da formação inicial de jovens, na área de projetos que promovam a qualidade e a inovação na educação e também na área da aprendizagem ao longo da vida, através do investimento no Centro Qualifica da Insignare. Este, disponibiliza aconselhamento e informação à população residente no concelho de Ourém, para além de promover os processos RVCC. Ao nível dos Centros Qualifica o investimento total é de 963 mil euros (818 mil euros FSE) que apoiaram a qualificação de 1166 adultos.

Aceda
AQUI ao site da INSIGNARE

Fonte: Insignare

  • < voltar a notícias