Iniciar sessão
/pt-pt/Noticias/PublishingImages/1_1_%20Boletim%2018%20noticia%20PT.jpeg

​No final do 1º semestre de 2022, com 6 993 operações aprovadas e um investimento total elegível de 4 577 M€ (3 904 FSE) o POCH já apoiou mais de 948 mil pessoas através da (re)qualificação de jovens e adultos e de ações de promoção da melhoria da qualidade do sistema de educação e formação. A taxa de execução era de 89%, a mais alta dos programas financiados pelo Portugal 2020.

29-08-2022
​A 30 de Junho de 2022, do montante total elegível do PO CH, destacava-se o destinado ao Eixo prioritário 1 – Formação de Jovens (Promoção do Sucesso Educativo, combate ao abando escolar e reforço da qualificação dos jovens), com um total de 2 638 M€, 2 242 M€ do FSE. Seguindo-se o Eixo prioritário 3 (Aprendizagem, qualificação ao longo da vida e reforço da empregabilidade) com um investimento total elegível de 946 M€ (803 M€ FSE), o Eixo prioritário 2 (Reforço do ensino superior e da formação avançada), com um investimento total elegível de 658 M€ (559 M€ FSE) e, por fim, o Eixo prioritário 4 (Qualidade e inovação do sistema de educação e formação), com 296 M€ (265 M€).

Os dados apresentados refletem os apoios que estão a ser concedidos ao abrigo do Mecanismo Extraordinário de Antecipação do Portugal 2030 em matéria de financiamento dos cursos profissionais e cursos de educação e formação de jovens no ano letivo de 2021/2022, no contexto do Eixo prioritário 1, bem como de medidas inseridas no Plano Integrado de Recuperação das Aprendizagens, financiadas no contexto do Eixo Prioritário 4, atendendo a que a dotação do Programa no contexto do Portugal 2020 já não permitiria o financiamento dessas tipologias, atendendo ao elevado nível de compromisso e execução que regista. No final do 2º trimestre a taxa de execução (relação entre a despesa validada e programada) atingiu 89%, encontrava-se 14 p.p acima da média dos restantes programas operacionais do Portugal 2020 e a taxa de compromisso (relação entre a despesa aprovada e a dotação programada) ascende a 122%, a segunda maior do conjunto dos Programas desse mesmo período de programação.

Estes números refletem-se em histórias de vida que ilustramos através de quatro casos de sucesso.

Marcelo Oliveira, frequentou o curso profissional de Técnico Apoio à Gestão Desportiva e atualmente o curso superior de Fisioterapia. No futuro gostava de ter um trabalho em que pudesse conciliar as duas vertentes da sua formação. No Eixo prioritário 1, o PO CH já apoiou a formação de mais de 294 mil jovens.

No Eixo prioritário 2, Carolina Semedo, conta-nos o porquê de ter escolhido um Curso TeSP (Técnico Superior Profissional) em Proteção Civil e Socorro. No âmbito deste eixo o PO CH já apoio mais de 128 mil pessoas.

A história do Eixo prioritário 3, é a de Natália Nazaré, é o exemplo de alguém que aos 50 anos decidiu que terminar o ensino secundário e obter uma certificação profissional para ter melhoraria nas suas condições de trabalho. 452 mil é o número de pessoas que já foram apoiadas no âmbito desse eixo.

Por último, no Eixo prioritário 4, apesentamos o Projeto Sapie, um projeto de combate ao insucesso e abandono escolar precoce através de uma aplicação que permite antecipar situações de risco nesta matéria. O número de pessoas apoiadas neste eixo ascende a 71 mil.

Publicámos o nosso 18º boletim e convidamo-vos a acederem para conhecerem melhor o trabalho realizado pelo PO CH, através de dados físicos e financeiros e das histórias que são consequências direta desses números e do trabalho realizado. 


  • < voltar a notícias