Iniciar sessão
/pt-pt/Noticias/PublishingImages/Orquestra%20Sopro_PT.jpeg

​A Orquestra de Sopros da Academia de Artes de Chaves (AAC), consagrada recentemente com o título de "Campeã do Mundo", no campeonato mundial "World Music Contest", em Kerkrade - Países Baixos, foi condecorada pelo Município, ao mesmo tempo que prestou homenagem à sua cidade, ao realizar o primeiro concerto após a conquista deste galardão, que dedicou à população do concelho.

19-09-2022
A Orquestra de Sopros coloca Chaves, a região e o país no mapa do panorama musical mundial. A interpretação da Sinfonia n.º3 "Aquae Flaviae" de Martinez Gallego valeu a vitória à Orquestra no concurso internacional, realizado no passado dia 31 de julho. O "World Music Contest" apresenta-se como o mais importante concurso a nível internacional, o que reúne maior número e variedade de bandas amadoras.

A cerimónia de condecoração municipal, com a atribuição da Medalha de Mérito Grau Ouro, bem como o Concerto à população, aconteceu no passado sábado, dia 17, na Praça de Camões, em Chaves, pelas 18h00.

A vitória, ocorrida no fim do mês de julho mereceu felicitações por parte do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa "Este reconhecimento prova que não há sonhos impossíveis e é por isso mesmo muito merecido e motivo de júbilo". Além da saudação do Chefe de Estado, o prémio alcançado pela Orquestra de Sopros da AAC mereceu, também, uma felicitação formal por parte do Primeiro Ministro, António Costa. 

Esta Orquestra, criada em 2008, conta, no total, com uma centena de jovens músicos. Integra alunos da Academia, do curso básico e secundário do ensino artístico especializado e 45 formandos do Curso Profissional de Instrumentista de Sopros e Percussão do Agrupamento de Escolas Dr. Júlio Martins, no âmbito de uma parceria com a AAC.  Congrega também professores e ex-alunos. Os músicos da orquestra, provenientes do Curso Profisisonal do Agrupamento de Escolas Dr. Júlio Martins, incluindo atuais e ex-alunos, perfazem cerca de 90% da sua composição. 

Nas palavras do Maestro da Orquestra, Luciano Pereira, que é também Diretor Pedagógico da Academia e Diretor do Curso Profisisonal de Instrumentista de Sopros e Percussão do Agrupamento de Escolas Dr. Júlio Martins, "a Orquestra distingue-se pela procura continua de novos desafios, explorando todas as oportunidades para poder fazer algo de diferente".  Para já, trabalham na nova temporada de concertos que já teve início no passado dia 17. 

O Agrupamento de Escolas Dr. Júlio Martins é uma entidade formadora beneficiária do PO CH na área que apoia a formação inicial de jovens e também no âmbito dos projetos inovadores e diversificados que promovam a qualidade do ensino e o sucesso escolar. O financiamento total elegível aprovado atribuído ao agrupamento eleva-se aos 4,2 milhões de euros (M€), sendo que 3,6 M€ são investimento do Fundo Social Europeu (FSE). Nos cursos profissionais já foram apoiados 447 jovens com um montante de 3,7 M€ (3,1 M€ FSE).  Os apoios incluem também a formação de docentes, onde foram beneficiados 489 docentes e os custos inerentes ao processo de atribuição do selo EQAVET - Quadro de Referência Europeu de Garantia da Qualidade para o Ensino e Formação Profissional.


  • < voltar a notícias