Iniciar sessão
/pt-pt/PublishingImages/Via%20Ensio%20Superior.jpeg

​Mesmo com as incertezas quanto ao calendário de acesso ao Ensino Superior, provocadas pela Pandemia, o governo não quer adiar mais a criação do novo regime para o ingresso dos alunos do Profissional.

15-04-2020

​A criação de um concurso especial, que tem em conta as especificidades destas formações, vai avançar já, para ser posta em prática no próximo ano letivo 2020/21. O diploma, publicado recentemente em Diário da República, prevê a entrada em vigor deste novo regime já em Julho, se o calendário estabelecido não vier a sofrer alterações, que podem vir a ser implementadas, com base no Decreto Presidencial do Estado de Emergência.

Este regime aplica-se a quem concluiu um curso profissional, de educação e formação para jovens, aos diplomados dos cursos artísticos ou de aprendizagem (ministrados na rede de escolas públicas, escolas profissionais publicas e privadas e centros de emprego) e ainda os alunos das Escolas do Turismo de Portugal, que efetuam por essas vias o seu ensino secundário.


Perante as medidas agora aprovadas pelo Governo, os alunos que optaram por esta via de ensino, não terão que fazer exames nacionais. Em substituição farão provas específicas, teóricas ou práticas, que terão um peso máximo de 30% na nota final do aluno. Estas provas ficam a cargo das instituições a que se candidatarem e os detalhes da sua realização ainda estão em discussão. As universidades e politécnicos não serão obrigadas a adotar esta via de acesso, ficará ao critério de cada um. Os alunos do Ensino Profissional também poderão continuar a concorrer ao Ensino Superior pela via do Concurso Nacional de Acesso e da realização do Exame Nacional.

Fonte: Jornal Público

  • < voltar a notícias