Iniciar sessão
/pt-pt/PublishingImages/Paginas/PremioCapitalHumano2020/Iniciativas%20CE.jpeg

​A Comissão Europeia adotou estas duas iniciativas com o objetivo de reforçar o contributo da Educação e da Formação Profissional para a recuperação da União Europeia (UE), em resposta à crise desencadeada pela COVID-19 e para apoiar as transições verde e digital.

06-10-2020

​O Espaço Europeu da Educação pretende promover a cooperação europeia, envolvendo todo o potencial da educação e da cultura como motor da criação de emprego, do crescimento económico, da coesão social e como meio de expressão da identidade europeia em toda a sua diversidade. Apoia-se em seis dimensões: qualidade, inclusão e igualdade de género, transições ecológica e digital, professores, ensino superior, uma Europa mais forte no mundo. Este espaço, assente na liberdade de os alunos e professores aprenderem e trabalharem em todo o continente, e de as instituições se associarem livremente entre si, revela como a cooperação e a diversidade podem enriquecer a qualidade.

Neste âmbito e a concretizar até 2025 a Comissão propõe novas iniciativas, mais investimento e uma cooperação mais estreita entre os Estados-Membros para que os europeus, de todas as idades, possam beneficiar da variada oferta de ensino e formação profissional da UE. As iniciativas analisarão formas de melhorar a qualidade, sobretudo nas competências básicas e digitais, tornar a educação escolar mais inclusiva e em linha com as questões de género e melhorar o sucesso escolar.

Os esforços para criar o Espaço Europeu da Educação serão articulados com a Agenda de Competências para a Europa, a política de educação e formação profissional renovada e o Espaço Europeu da Investigação.

Foi também adotado um novo  
Plano de Ação para a Educação Digital, que reflete os ensinamentos retirados da crise motivada pelo coronavírus e define medidas a implementar no contexto da educação digital, para o reforço e otimização das competências digitais adaptadas à transformação digital que decorre.  É um apelo à ação no sentido de uma cooperação reforçada entre os Estados-Membros, bem como com e entre as partes interessadas, para garantir que os sistemas de ensino e de formação estejam verdadeiramente preparados para a era digital.

O plano de ação tem  duas prioridades estratégicas a longo prazo: 

  • Promover o desenvolvimento de um ecossistema de educação digital altamente eficaz; 

  • Reforçar as competências digitais na perspetiva da transformação digital. 


A fim de desenvolver a cooperação no domínio da educação digital, será criada uma plataforma europeia de educação digital, que promoverá a colaboração entre as áreas de intervenção relevantes para a educação digital, estabelecerá uma rede de serviços nacionais de aconselhamento e reforçará o diálogo entre as partes interessadas.


A Cimeira Europeia da Educação, organizada em meio digital, que acontecerá a 10 de dezembro, vai reunir os ministros e as principais partes interessadas no debate sobre formas de adaptar a educação e a formação à era digital, e estas duas iniciativas serão também tidas em conta.


Comunicado de Imprensa da Comissão Europeia

Espaço Europeu da Educação

Plano de Ação para a Educação Digital

Fonte: Comissão Europeia

  • < voltar a notícias