Iniciar sessão
/pt-pt/PublishingImages/Paginas/PremioCapitalHumano2020/1_Simplificação.jpeg

​ O projeto "Agilização da Execução de Projetos Financiados" foi apresentado numa conferência virtual com a presença de Cristina Jacinto, Vogal Executiva da Comissão Diretiva do PO CH, que contribuiu para a sua elaboração e que expôs a sua visão de mudança e simplificação.

03-05-2021

Este projeto insere-se no âmbito da segunda edição do Plano de Trabalho Colaborativo na Administração Pública, alinhado com a Estratégia para a Inovação e Modernização do Estado e da Administração Pública 2020-2023.

Durante a conferência foram apresentados e discutidos modelos de trabalho que promovem a simplificação de processos e a sua agilização.

Cristina Jacinto destacou a importância da reciprocidade na elaboração dos projetos colaborativos, dar e receber são palavras de ordem. 

A Vogal Executiva do PO CH referiu-se à complexidade dos processos burocráticos dos fundos, problema de difícil resolução, mas que poderá ser melhorado, com base nas boas experiências, nomeadamente a do PO CH.

Quer nos reembolsos quer na submissão de saldos existe a exigente questão da contratação pública. Os beneficiários têm sistematicamente que inserir nas suas candidaturas a mesma documentação e os técnicos dos vários Programas Operacionais têm que os analisar tal como os auditores.  O que se pretende que aconteça é que entidades e pessoas singulares providenciem a informação ao estado uma única vez. Depois disso ela deve poder ser utilizada em rede por todos os organismos. Para a implementação desta medida é necessária a interoperabilidade entre portais públicos de contratação e bases de dados, que gera uma fonte de informação comum. Este processo de partilha de informação traria vantagens não só aos beneficiários como às Autoridades de Gestão e também às Autoridades Reguladoras, implicaria um enorme alívio administrativo e menor probabilidade de erros.

Ligada a esta temática está também a questão da robotização. Cristina Jacinto deu a conhecer um projeto já implementado no PO CH, há cerca de 2 anos, com uma empresa parceira. Foi elaborado um relatório de verificações no local e automatizado utilizando um RPA (Robotic Process Automation). Este processo permitiu que o preenchimento de 300 campos de formulários, antes completamente manual e que levava cerca de 8 dias a preencher por uma pessoa,  passasse a ser feito em apenas 7 horas, podendo ainda ser otimizado se fosse beber informação a uma fonte como a sugerida anteriormente.

O Plano de Trabalho Colaborativo na Administração Pública é uma iniciativa organizada por um conjunto de dirigentes de entidades da Administração Pública e de entidades de natureza associativa com fins públicos, acolhida na área de Governo da Modernização do Estado e da Administração Pública, que tem por finalidade realizar novos projetos, ou apoiar a conclusão de projetos, através da colaboração e de equipas de projeto multidisciplinares.


 Aceda aqui à conferência

  • < voltar a notícias