Iniciar sessão

A avaliação afere, periodicamente, se o Programa está a produzir os efeitos esperados, analisando a relevância, coerência, eficácia, eficiência, impacto e sustentabilidade dos apoios que virá a conceder ou já concedeu para promover a elevação das qualificações das pessoas e as suas condições de empregabilidade, tendo por objetivo contribuir para decisões de política e programáticas baseadas em evidências. Neste contexto, a avaliação do PO CH iniciou-se com a sua avaliação ex ante, cujos resultados foram não só ponderados na versão final do documento de programação, aprovado pela Comissão Europeia, como continuam a ser objeto de atenção na fase de implementação do Programa.

​​​​O Plano de Avaliação do PO CH contempla, por sua vez, as avaliações a realizar no decorrer da implementação do Programa, constituindo um instrumento operacional do Plano Global de Avaliação do Portugal 2020 (PGA PT2020), aprovado pela Comissão Interministerial de Coordenação (CIC) deste período de programação, enquanto documento orientador da avaliação do Portugal 2020 (PT2020) consensualizado pelas entidades responsáveis pela governação dos Fundos Europeus Estruturais e de Investimento (FEEI), de modo a que a conceção e a implementação das políticas e dos programas possam beneficiar de avaliações de qualidade, suportadas em evidências sobre a eficácia, eficiência e impacto das intervenções apoiadas.

Este objetivo global enquadra-se na missão da função avaliação de contribuir para a boa gestão e utilização dos FEEI, reforçando a sua orientação para resultados e a qualidade na prestação de contas. Em termos gerais, as avaliações a realizar devem aferir primordialmente a qualidade da conceção e execução do programa, avaliando a sua eficácia, eficiência e impacto.

 

 

​Nesta página encontrará toda a informação disponível até à data sobre os estudos de avaliação desenvolvidos à medida que for concretizado o Plano de Avaliação do PO CH, bem como o Plano de Avaliação Global do Portugal 2020. Neste contexto, destaca-se por agora a participação da AG do PO CH no Acompanhamento do Lote 2 da Avaliação dos Instrumentos Financeiros, mais concretamente na vertente relativa aos empréstimos a estudantes do ensino superior, previsto na sua programação. As principais conclusões do Relatório Final desta Avaliação ex-Ante dos Instrumentos Financeiros, especificamente para os empréstimos a estudantes do ensino superior, comprovam existir deficiências de mercado ou situações de insuficiência de investimento nessa área, fundamentando assim a necessidade deste apoio público e a validação da estratégia definida para a alocação de recursos públicos a este instrumento financeiro.

Encontrará aqui também informação sobre outros estudos de avaliação que incidam sobre as áreas de intervenção do PO CH, mesmo que não decorram do seu Plano de Avaliação ou do Plano Global de Avaliação do Portugal 2020. Nesta perspetiva, damos destaque neste momento a um estudo que incidiu sobre uma das principais tipologias de operação financiadas pelo PO CH – os cursos profissionais – disponibilizando o relatório com os principais resultados do projeto “ESF Supporting Youth in Portugal - CIE of Vocational Training and Traineeships”, cofinanciado pela Comissão Europeia (Grant Agreement Nº VS/2014/063).