Iniciar sessão
/pt-pt/PublishingImages/Paginas/PremioCapitalHumano2020/1_Boletim_13_Site_PT.jpg

​Para apoiar estes milhares de pessoas o POCH aprovou um investimento total de mais de 4 100 milhões de euros, até 31 de março de 2021, dos quais 3 485 M€ são apoios do Fundo Social Europeu(FSE).  Este boletim reporta os resultados físicos e financeiros até essa data e conta mais 4 histórias de sucesso, percursos e projetos apoiados pelo PO CH e Fundo Social Europeu.

25-05-2021

No fim do primeiro trimestre de 2021, destacamos o bom desempenho do Programa: a  taxa de execução do PO CH era de 73%, a maior dos Programas Operacionais que beneficiam dos fundos da Política de Coesão e bastante acima da média do Portugal 2020 (PT2020), de 60%. Esta taxa, que representa a relação entre a despesa programada e validada, poderia ser ainda maior, na ordem dos 76%, caso não tivesse ocorrido a reprogramação de setembro de 2020 que injetou no PO CH mais cerca de 100 M€, que ainda estão a ser executados. A taxa de pagamento aos beneficiários (relação entre a despesa paga aos beneficiários e a despesa aprovada associada às operações) também merece destaque, com 70% face a 60% de média do PT 2020. 

Porque trabalhamos para as pessoas, trazemos neste número a história do agrupamento de Escolas de Estarreja que foi a vencedora do Prémio Capital Humano 2020 na categoria Entidade Formadora de Jovens, vendo assim reconhecido o seu contributo para a Formação Inicial dos Jovens. Esta escola tem uma taxa de conclusão dos cursos profissionais que ministra de 83% e o prosseguimento de estudos ou empregabilidade está nos 80%. Jorge Ventura, o Diretor, explica-nos o projeto pedagógico em causa. No eixo 1, que apoia a formação de jovens,  o PO CH já investiu 2 433 milhões de euros (M€) de financiamento total elegível aprovado, que serviu para apoiar cerca de 263 000 jovens.

No eixo que suporta a formação superior e avançada, temos a história do Jorge Rocha, uma das 128 mil pessoas apoiadas neste âmbito. O Jorge usufruiu dos apoios do PO CH/FSE para a frequência de um Curso Técnico Superior Profissional, que já concluiu. O valor de financiamento total elegível aprovado neste eixo já atingiu os 669 M€, dos quais 568 M€ são investimento do FSE.

A Edite Godinho tem uma verdadeira história de sucesso! Com 49 anos é uma das 318 mil pessoas apoiadas no âmbito dos Centros Qualifica, tendo no seu caso realizado um processo de reconhecimento, validação e certificação de competências (RVCC) e um dos mais de 380 mil adultos que usufruíram de apoios do PO CH para concluir um nível de ensino e/ou conseguir uma certificação escolar e/ou profissional. A Edite cresceu pessoal e profissionalmente graças, em parte, à ajuda do PO CH e neste momento é uma pessoa realizada profissionalmente.  No eixo 3, que apoia a qualificação ao longo da vida,  o investimento já chegou aos 772 M€, dos quais 656 M € são investimento FSE.

Para promover a qualidade da formação que é ministrada foi desenvolvido um Quadro de Referência Europeu de Garantia da Qualidade para o Ensino e a Formação Profissionais (EQAVET), que Portugal está a aplicar desde já às entidades formadoras que promovem cursos profissionais, destacando-se nesta edição o apoio do POCH ao alinhamento dessas entidades com os princípios que integram esse referencial europeu, no âmbito do eixo 4, que apoia a Qualidade e Inovação do Sistema de Educação e Formação. A 31 de março, no eixo 4, o investimento total elegível aprovado chegou aos 214 M€ sendo 196 M€ de apoios FSE.

Neste boletim 13, saiba tudo sobre a execução do PO CH, incluindo a atualização de todos os indicadores de resultado do POCH, e  leia as histórias completas dos beneficiários dos apoios do PO CH/FSE.


Aceda aqui ao boletim 13

  • < voltar a notícias